A lama como escola

A lama

Hoje trago uma receita que tem muitos e muitos anos, que foi passando de geração em geração mas ao chegar aos nossos dias foi desaparecendo. É a receita perfeita, é rápida a fazer e tem uma duração bastante longa. Nota importante: o produto final é versátil e poderá ser utilizado em diversas vezes.

Os ingredientes são simples, acessíveis a todos e não custam dinheiro. O modo de preparação é rápido e não necessita de instrumentos muito sofisticados.

Receita da Lama

Ingredientes:
Agua á temperatura ambiente
Terra seca em quantidade q.b

Modo de preparação:

Num recipiente grande colocar uma quantidade considerável de terra e ir juntando água aos poucos, até obter uma mistura liquida mas com textura.

E a nossa super receita está pronta.

Pronta para ser explorada com todos os sentidos.

A lama é um elemento natural que tem um papel fundamental na infância, que tem múltiplas possibilidades de brincadeiras e aprendizagens.

As crianças tem o desejo natural de se sujar, sendo um comportamento natural no desenvolvimento equilibrado das crianças.

As crianças são 100% laváveis e memórias felizes essas sim deixam marcas.

O contato direto com a lama e a sua manipulação desenvolve nas crianças a concentração e potencia aprendizagens transversais em várias áreas.

A lama contem certas bactérias que estimulam o desenvolvimento do sistema imunitário e prevenção de alergias. A exploração da lama aumenta a serotonina, a chamada hormona da felicidade no cérebro das crianças, também o nível endomorfina aumenta ajudando a acalmar e relaxar as crianças.

Ao brincar com a lama a criança está em contacto com a natureza, sentindo a energia viva que o mundo natural possui, contribuindo para um desenvolvimento saudável e holístico da criança.

As vivências, as experiências, as descobertas e as brincadeiras ar livre e com os recursos que a natureza nos oferece dos quatro elementos: terra, agua, ar e fogo, com os ser ciclos vivos e dinâmicas as crianças desenvolvem os seus sentidos, a imaginação e o sentimento de pertença, de respeito pela natureza. 


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *